Valentine's Mulher

A origem do dia do Amor (Valentine’s Day)

Bom pessoal, hoje é Valentine’s Day ou seja, Dia de São Valentim ou dia do Amor. As origens sobre esse dia são cheias de mistérios, como o próprio amor!

Alguns estudiosos explicam que o dia 14 de fevereiro é celebrado o dia do Amor devido à teoria do Banquete Romano de Lupercália, uma celebração pagã da fertilidade, referência a Juno, deusa das mulheres e do casamento. Durante a celebração, as mulheres escreviam cartas e bilhetes de amor e as deixavam em uma grande urna, depois que escreviam estes bilhetes românticos, os homens de Roma tiravam um bilhete da urna e apaixonadamente saíam em busca da mulher que havia escrito a mensagem. Bom, meio estranho escolher pretendentes por sorteio, mas essa mania continuou até o século XVIII, chegando ao fim quando as pessoas decidiram que preferiam escolher, de perto, seus namorados. Uma decisão bem inteligente!

Também há algumas teorias em torno de São Valentim. Não se sabe ao certo se havia um único Valentim ou mais de um. Hoje em dia, a Igreja Católica reconhece pelo menos três santos chamados Valentim ou Valentino. O candidato mais popular a São Valentim foi um padre romano, praticante do cristianismo e realizava casamentos secretos contra as ordens do Imperador Claudius II. Diz à lenda que Valentim enviou a uma amiga um bilhete assinado “De seu Valentim” (“From Your Valentine”) antes de ser executado, em 14 de fevereiro de 270 d.C. Essa frase ainda é bastante usada em cartões nos Estados Unidos, para pretendentes no dia  de Valentine’s Day.

O feriado alegrou aos cristãos da época, em 496 d.C., pois Papa Gelasius consagrou o dia 14 de fevereiro em homenagem a São Valentim como o santo dos apaixonados. Em 1969, o Papa Paulo VI tirou isso do calendário mas o Dia dos Namorados tinha chegado para ficar. E, em muitos países, o Dia dos Namorados é chamado também de Dia de São Valentim.

No Brasil, a data é comemorada oficialmente em 12 de junho por ser véspera do Dia de Santo Antônio, mais conhecido como “santo casamenteiro”.

E você, esta apaixonado? Que tal voltarmos à tradição antiga e deixarmos alguns bilhetinhos para nossos amores?

Feliz dia do AMOR para todos!