snake Na estrada

Trilhas & Cobras

Há tempos circulou na web a foto de uma cobra destroçada por um motor ao ser ligado. Parece coisa de filme mas existem situações piores. Em minhas viagens pelo Brasil escuto casos de toda sorte envolvendo cobras em trilhas, pastos e florestas. Vamos conferir alguns:

O motorista dirige um 4×4 com as janelas das portas abertas em trilha fechada, o carro segue raspando no barranco pelo lado esquerdo. Uma cobra cai em seu colo lhe picando três vezes até que consegue se desvencilhar da carona inesperada.
Em outra ocasião o motorista segue por uma estrada de chão e mais adiante atropela, ou acha que atropela, uma cobra que surgiu entre as folhas caídas na estrada. Ao chegar no destino desce da pick-up, dá a volta por trás do carro e quase é picado na altura da coxa esquerda pela metade que sobrou da Jararaca que ficou presa no chassi. A metade da frente é logico.
Tem aquele caso do funcionário que estaciona o carro na floresta, deixa a porta da pick-up aberta e segue para fazer sua inspeção de rotina. Ao embarcar no carro e seguir adiante logo vê de carona uma linda Jiboia passeando pelo assoalho.
E para terminar houve o caso de um engenheiro que viajava pelo deserto do Arizona (USA), parou a pick-up para descansar e admirar a paisagem. Sai do carro, deixa a porta aberta e ao se colocar de pé, escuta um baque ao seu lado direito. Leva um susto enorme ao ver uma cascavel, que desliza lentamente pela porta, espelho retrovisor e vai ao chão.  Escapou das garras de uma águia e veio se esborrachar quase em cima da cabeça dele.
O que quero dizer com todas estes fatos é que jamais se descuide no mato, não coloque a mão em qualquer moita para ver o que tem embaixo, não coloque cintas de resgate em árvores sem antes conferir se em volta está seguro e se acostume a usar perneiras quando for para o mato. Elas protegem você de picadas até a altura dos joelhos.
Pernoites na mata também reservam surpresas, o compartimento aquecido do motor pode atrair cobras. Antes de dar a partida logo cedo, abra o capô e confira com cuidado, se houver alguma surpresa enrolada no meio das correias e o motor for ligado você pode ficar à pé. Daí, é melhor levar um par de perneiras.