Recall Manutenção

Recall – Quando o seu carro é chamado!

Olá, amigos!

Nos últimos tempos, passamos por mais uma onda de Recalls no país e no mundo.

Mas…e se eu não fiquei sabendo do recall do meu carro? E se eu comprei um carro usado, como saber se ele foi convocado para um recall?

luckybastrd, dash, car, instagram

O site do Ministério da Justiça disponibiliza uma base de dados de recalls no Brasil desde 2000. Com o número do chassi do seu carro, você pode verificar se ele já foi convocado para algum recall.

Se você é o primeiro dono do seu carro, deve lembrar se já participou de alguma convocação. Mas, se comprou o carro usado, fique esperto: segundo dados do Procon-SP,  apenas 19% dos consumidores brasileiros convocados para recall em 2011 levaram seus veículos para o reparo.

Se você tem dúvida, é possível que haja anotações no manual do proprietário do veículo. Você também pode procurar uma concessionária para ver se há registro do atendimento do seu automóvel em recall.

Normalmente, as concessionárias registram cada atendimento em recall e elas podem consultar esta base de dados.

Carro

Vale lembrar que todo e qualquer reparo via recall é obrigatoriamente gratuito. Existe ainda outro ponto de atenção: algumas montadoras colocam um prazo para atendimento ao recall nos comunicados. Mas estes prazos não tem valor legal!

Veja o que informa o Site do Ministério da Justiça:

“O Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC) também discorda da imposição, pelos fornecedores, de qualquer prazo limite para a realização dos serviços necessários à plena regularização das condições dos produtos ou serviços objeto de recall. Enquanto houver no mercado produtos que apresentem os problemas que levaram ao chamamento, o fornecedor será responsável por sua pronta reparação, sem qualquer ônus para os consumidores, ainda que a campanha de chamamento estipule um prazo para seu encerramento.”

Por isso, fique atento! Atender ao recall pode evitar o aparecimento de um problema mecânico, que pode resultar em aborrecimento, pane ou até mesmo em um acidente grave. Informe-se!

Mais informações, consulte os direitos do consumidor.