Trilha-sonora-da-sua-vida Viagens

Como criar a trilha da sua vida

Nada melhor para relaxar do que dirigir tranquilamente em uma estrada costeira, aproveitando a vista do mar e o cenário que o cerca e com uma playlist tocando que marcará a viagem.

Assim como cheiros, músicas também ativam nossa memória, associando momentos a sons. Esse fenômeno é inconsciente e acontece tão rápido que nem percebemos. Em questão de segundos já estamos nos lembrando de algo que não passava por nossa cabeça há um tempão, mas que foi revivido por conta de algum estímulo exterior, como uma canção.

Esses “flashes” de lembranças geradas por fatores exteriores são super gostosos de se ter e trazem à tona, momentos, cheio de detalhes, que podem até mesmo nos surpreender. Não apenas momentos, nosso cérebro também associa a música: pessoas, épocas da vida, filmes, sentimentos, entre muitos outros.

Aquele dia na praia, seu primeiro amor, a festa da sua formatura, aquele carnaval, seu primeiro carro, a viagem para Acapulco, Buenos Aires, Búzios, Florianópolis, Ilha Bela, Atibaia. Viagens são desculpas perfeitas para ativar essa memória associativa. Isso porque viagens são momentos especiais para você e seu cérebro!

Quando você sai da rotina para fazer algo diferente do seu dia-a-dia, o seu cérebro fica mais propenso a lembrar eventos que acontecem durante essa pausa. Além disso, em viagens você tem tempo suficiente para criar uma sub-rotina, uma pequena lista de coisas que você e seus amigos ou parentes fazem diversas vezes durante a viagem. Isso incluí tomar café da manhã na mesma padaria, jogar truco na varanda antes de dormir, sair para o mesmo bar em noites diferentes ou ouvir 500 vezes a mesma música.

Essa sub-rotina de um período determinado de tempo faz com que o cérebro grave os acontecimentos da viagem ainda com mais facilidade. Esses fatores e associações, claro, são totalmente incontroláveis. As associações que o nosso cérebro faz seguem princípios pessoais e, muitas vezes, emocionais.

Porém é possível criar um campo de estímulos, forjando a brincadeira e criando músicas associativas para momentos especiais. Que tal nutrir seu cérebro a associar mais e mais momentos com diferentes músicas?

Então, além de tirar fotos para recordar momentos importantes ou triviais, ajude seu cérebro a fazer esse serviço também. Assim, quando você ouvir aquela música especial, irá lembrar de um momento mais especial ainda.

Truque com seu cérebro: “Usando músicas para se lembrar de momentos”

1- Antes de uma ocasião especial, como uma viagem, por exemplo, escolha uma música única que irá representar aquele momento. De preferência uma música que traga algum significado, uma música que esteja começando a fazer sucesso na rádio ou uma música que você nunca ouviu.

2- Durante a viagem, sempre que tiver chance, coloque essa música para tocar. Crie uma “sub-rotina”, coloque todo dia pela manhã, ou no carro no caminho de algum lugar (como praia, balada).

3- Cantarole e aprenda a letra da música durante a viagem.

4- Quando voltar de viagem, esqueça a música por um tempo. Assim, ela ficará associada apenas com aquela viagem, e não com toda aquela época. Depende de você se quiser criar uma “trilha do verão” ou “trilha do feriado em Maresias”.

5- Depois de dar um tempo, ouça a música novamente ou espere ela te surpreender tocando em algum lugar que você estiver e se divirta com as lembranças!

  • Ana Jardim

    O mais legal é o frio na barriga quando escuta uma música que te trás um dejavú.