Criando-objetos Curiosidades

Criando objetos

Lembro-me da primeira vez que imprimi algo do computador. Eu ainda não tinha computador, mas minha prima tinha. Estávamos na casa dela desenhando no Paint Brush e resolvemos tentar imprimir um desenho. Eu nem lembro minha idade, mas na época nem Internet Dial-up era acessível. Parece besteira agora que impressão é tão comum, mas ter aquele mesmo desenho que brilhava na tela, impresso nas mãos, era uma coisa totalmente sensacional para duas crianças.

Esse ano essas lembranças voltaram à tona em uma feira de tecnologia. Fui apresentada ao MakerBot, um conceito totalmente inovador de impressão agora acessível ao bolso do consumidor. De cara, parece complicado e um grande trambolho, mas rapidinho você entende como essa impressora 3D funciona e a gigantesca gama de aplicações possíveis.

Explico: imagina que você está em casa e sua irmã chega com um sobrinho pequeno. Você não irá querer que a criança azucrine sua coleção de Toy Art, certo? Mas não existe nenhum outro tipo de brinquedo em vista…

Que tal se você pudesse criar o seu próprio brinquedo? Criar um carrinho de brinquedo na cor favorita do seu sobrinho? Então, com esse tipo de impressora, você imprime objetos 3D de plástico. O limite é sua imaginação.

Para isso é necessário um modelo virtual do objeto 3D que será enviado para a impressora como parâmetros de como construir sua escultura. Mesmo que você não saiba modelar, existem milhares de objetos já criados e os arquivos para impressão são compartilhados pela comunidade “Thingiverse”.

Vasos, porta-lápis, caixinhas, porta-retratos, cinzeiros, brinquedos, esculturas, brincos, canecas, etc, etc, etc. O que você precisar, ao invés de sair para comprar, que tal construir? É a cultura do “Faça Você Mesmo” (DIY – Do It Yourself) levada ao extremo.

MakerBot Founders and Final Prototypes

Crianças são conhecidas por suas incríveis capacidades criativas. Com o tempo, pressões sociais e carga de responsabilidade, acabamos por suprimir nossos pensamentos criativos, nossa imaginação e caímos na rotina. Temos que estudar, trabalhar, crescer. Mas crianças possuem tempo livre para brincar e criar seus universos. Então, imagina o poder de uma impressora 3D nas mãos de uma criança?

Schuyler St Leger é um exemplo desse novo cenário que poderá ser comum em um futuro não muito distante. Com sua impressora 3D ele pode fazer protótipos das invenções que cria, coisa que Leonardo DaVinci não podia. E se o próximo Leonardo DaVinci estiver entre nós e tiver acesso a algo como a MaketBot? As possibilidades para o desenvolvimento da humanidade e novas invenções surgirem são gigantescas.

O que você faria com uma impressora 3D?

  • Anonimo

    Impressoras 3D são muito bacanas mesmo!!