DestaqueDelas2 Segurança

Cuidando do trânsito e dos sapatos

Na semana passada uma amiga chegou no trabalho toda tristonha, tinha batido o carro. O causador do acidente? Um item de consumo da maioria das mulheres, o sapato de salto alto!

Ela dirigia a uns 50 km/h e mantinha uma distância segura do carro da frente, mas quando foi obrigada a frear, o salto enroscou e ela não conseguiu evitar a batida.

Depois disso, fui pesquisar pela internet e descobri que não há lei que proíba especificamente o uso de salto alto para dirigir, mas o código nacional de trânsito deixa claro que o condutor não deve dirigir usando um calçado que não se firme nos pés ou que prejudique a utilização dos pedais.

Eu não costumo usar salto alto, sou adepta às sapatilhas. Mas confesso que já tinha me arriscado ao volante assim. Olha o perigo!

Mas desde que comecei a dirigir diariamente, descobri que meus sapatos tem ficado “gastos” na parte do calcanhar.

O acelera e freia do dia-a-dia, raspa a parte de trás do calçado e acaba estragando. Por isso, resolvi entrar para a tribo dos motoristas descalços (isso eu pesquisei e pode!).

Além de poupar meus sapatinhos, não corro o risco de acidentes bobos como o da minha amiga.

Ah, vale lembrar que usar um calçado que comprometa a direção é considerado infração média, quatro pontos na carteira e multa no valor de R$ 85,13. Ai!

  • Talita

    Ótima dica! Vou passar a dirigir com os pés descalços!
    Valeu!

  • Rafael Labate

    E olha que este desgaste vale também para os sapatos masculinos.
    Também entrei na onda do descalço.
    Adorei, Paulinha!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100002024482455 Jonas Santos

    Bom praa caramba! Ótiimas dicas e muito bem escrito.
    Parabéns pelo post, sensacional!

    Aguardo novidades…

  • http://www.facebook.com/people/Paula-Miranda/765197519 Paula Miranda

    Boa, Rafa!!!
    Mais um na tribo…

    Beijos